PAMELA ROSA SURPREENDE O MUNDO A SKETISTA BRASILEIRA DE 16 ANOS QUE VEM DETONANDO MUNDO A FORA

Divulgação

Um fenômeno juvenil. Assim podemos descrever a skatista Pâmela Rosa. de apenas 16 anos, de São José dos Campos. Tão jovem, tão talentosa e focada. E que vem surpreendendo aos amantes e profissionais da modalidade durante as últimas competições de street, a categoria que ela participa. Nascida e criada na cidade, a jovem brasileira chegou ao ápice da carreira na semana passada, quando conquistou o inédito título do X-Games na etapa de Oslo, na Noruega. O dia 25 de fevereiro de 2016 entrou para a história da atleta que começou a dar os primeiros passos na pista do Centro Poliesportivo do Jardim Cerejeiras. Ela foi a skatista mais jovem e brasileira a conquistar o título da competição. O X-Games é, simplesmente, um dos principais e mais badalados campeonatos de esportes radicais do mundo, onde nomes consagrados costumam participar e grandes nomes começam a ser conhecidos por meio desssa competição.
Com muita dedicação a menina que ainda é uma adoslecente estava lá. Superou todos que Pâmela Rosa com premio de primeiro lugar no X-GAMES; estavam presente, mesmo com o dedo todo machucado. “Eu estava machucada e nem treinei para o campeonato. Fui apenas para competir”, disse a joseense, que não esperava conquistar o título, justamente por conta da contusão no dedo. Tanta dedicação vem rendendo frutos nos últimos anos. Apesar dos títulos, ela também já é tratada e considerada como uma estrela. Muitas vezes, é abordada por fãs na rua, pedindo por fotos, autografos e até mesmo para fazer alguma artimanha com seu skate, não importando a hora e o local ou até mesmo se a menina está com o skate. Além de fazer uma obra prima quando sobe no skate, a Pâmela é cativante, carinhosa, carismática e sem falar do seu sorriso encantador. As vitórias já fazem parte da trajetória de Pâmela há algum tempo. Em 2014 e 2015, por exemplo, ela já tinha sido me dalha de prata no X-Games, em duas etapas de Ausin, nos Estados Unidos. Também no ano passado, foi vice-campeã mundial em Paris. Um ano antes, com apenas 13 anos, já surpreendeu muita gente ao ganhar o Sul-Americano na Argentina. Para completar, ela também é tetracampeã paulista e brasileira de street.

Divulgação

CURTIU? A GENTE RECOMENDA:
Se liga aí!
Pé no skate Leia mais da coluna de Yago Dias Competição de longboard Saiba mais sobre o campeonato de longboard
OUÇA NOSSA PLAYLIST!
Faça parte da família IN OUT